Complexo da Pampulha – Belo Horizonte

O Complexo da Pampulha é um local único, um dos principais cartões-postais de Belo Horizonte e cercado de arte e com uma paisagem deslumbrante. Construído a pedido de Juscelino Kubitschek, então prefeito de Belo Horizonte, entre 1942 e 1944, a obra reúne prédios deslumbrantes assinados por Oscar Niemeyer e jardins de Burle Marx.

O objetivo era criar uma cidade moderna, construindo no entorno de um frondoso lago um Cassino, uma Igreja, uma Casa do Baile e um Clube. Além de desenvolver uma área mais afastada do centro da cidade, valorizando outras regiões de Belo Horizonte.

E em 17 de Julho de 2016, foi concedido pela UNESCO, em Istambul, Turquia, o título de patrimônio da Humanidade. Atualmente o complexo conta com as seguintes atrações:

  • Igreja da Pampulha de São Francisco de Assis: Levou décadas para ser consagrada devido aos murais de Portinari e à sua arquitetura modernista. Oscar Niemeyer, ateu e comunista, inspirou-se em galpões de fábrica para o desenho (a igreja seria o galpão e a torre do sino, a chaminé). A parte de trás da igreja tem maravilhosos azulejos de Cândido Portinari. Os jardins foram projetados por Burle Marx.
  • Casa do Baile: Outro projeto de Niemeyer à beira da Lagoa, foi destinado aos bailes e outros festejos da classe média belorizontina. Hoje em dia abriga o Museu do Design.
  • Museu de Arte da Pampulha: Originalmente um cassino, tornou-se museu quando da proibição do jogo no País.
  • Mineirão Estádio de futebol com capacidade atual para mais de 60.000 espectadores. Fora de eventos como shows e partidas de futebol, é possível visitar as dependências do Mineirão.
  • Mineirinho: Ginásio poliesportivo com capacidade para mais de 20.000 torcedores. No local também funciona toda quinta-feira (de 16 às 22h) e domingo (de 7 às 16h), a Feirinha do Mineirinho, como é popularmente conhecida.
  • Zoológico de Belo Horizonte: Com diversas espécies da fauna regional e de diversos lugares do mundo, o Zoológico também possui um borboletário, um jardim botânico, um jardim japonês e, mais recentemente, um aquário temático do Rio São Francisco.
  • Parque Ecológico da Pampulha: Construído sobre um aterro as margens da lagoa, as atrações do parque incluem o Memorial da Imigração Japonesa, uma enorme área verde de 300 mil metros quadrados, playground, ciclovias, trilhas para caminhadas ecológicas.

    Pampulha, Belo Horizonte

    Pampulha

Curti
Curti Amei Haha Wow Triste Nervoso